Meu namorado vai trabalhar com a ex, e agora?

Oi amores,

Hoje resolvi criar a tag #dicadesexta. Algumas amigas vêm pedindo para eu escrever textos sobre determinados temas, normalmente de acordo com alguma situação que estão passando.

Achei mais legal e dinâmico discutir esses temas como um conselho, ao invés de escrever um texto sobre.

Toda sexta vou escrever alguma história que me mandam, e tentar dar o melhor conselho possível, de acordo com as coisas que eu acredito. Espero que vocês gostem, e se quiserem colocar alguma história aqui, deixem em anônimo aqui nos comentários, ou me mandem um email.

Vamos a história de hoje:

“Meu namorado vai trabalhar com a ex. Como é uma ex que marcou bastante a vida dele, estou com o pé atrás com essa situação. Finjo que não ligo, mas no fundo estou muito incomodada, sem saber como agir”.

Bom, ex não é um assunto tão fácil de lidar mesmo, não é?! Independente do ex que seu namorado ou sua namorada tenham.

Fui atrás de algumas opiniões, para ver o que eu mais escutava, e a resposta que mais me disseram foi:

“Eu terminaria o namoro”.

Migas, suas loucas!!! Fiquei realmente surpresa com essa resposta da maioria. Tudo bem que não é muito fácil lidar com isso, mas terminar o namoro?! Antigamente, provavelmente, eu seria meio radical assim, mas com o tempo aprendi bastante sobre isso.

Existe, de fato, um “medo” por grande parte das pessoas, relacionado à perda do seu amor, para um(a) ex companheiro(a).

Todo mundo tem um passado, a questão é o quanto você deixa esse passado atrapalhar o seu presente.

O ponto principal aqui, acredito ser a confiança. Só depende de você, confiar ou não no seu parceiro, e mais do que isso, saber que não se tem o controle de nada, nem ninguém. Uma relação só tem chances de crescer, se existir confiança de ambos os lados.

Se o seu parceiro te contou que trabalhará com ela, antes mesmo de ir, já é um sinal positivo para a relação de vocês. Sinal de que ele se importa em conversar sobre isso com você, e que está disposto a te entender. Pior seria se você descobrisse depois de um tempão, e acabar interpretando a situação de outra maneira.

Provavelmente, se ela é uma ex que significou bastante pra ele, e não terminaram brigados, a relação deles vai ser de cordialidade, e não teria porque ser diferente. Por isso, não faça chantagens emocionais, ou coisas do tipo caso eles se encontrem bastante, ou tenham que almoçar juntos com outras pessoas do trabalho, por exemplo. Simplesmente, entenda que essa é a sua realidade agora, e que você vai ter que se acostumar com isso, de outro modo, é melhor que termine mesmo.

Se você se sentir incomodada com algo, converse com ele, explique seus medos e receios. Deixe claro o que você não gosta e tentem achar uma solução boa para os dois. Não o coloque como o errado da situação, até porque, ele não tem culpa das coincidências da vida, e se pudesse escolher, provavelmente não escolheria essa opção.

Deixe o passado, no passado. As coisas são da forma como tem que ser. Se ela é ex, é porque não deu certo, e ele agora está com você. Se existe respeito e comunicação no relacionamento de vocês, tenho certeza que tudo dará certo, e daqui a um tempo, isso não vai nem te incomodar mais.

Se coloque sempre no lugar da outra pessoa, veja como você gostaria de ser tratada, e como gostaria que ele lidasse com a situação. Pense que, poderia ser você passando por isso, e querendo o apoio dele.

Enfim, não deixe que essas “pequenas” coisas interfiram na relação de vocês. Seja feliz, viva o presente e deixe que a vida se encarregue de todo o resto.

Beijos,

Marina.